Costela no Axor

Costela Assada no Axor 2540

Caminhoneiros algumas vezes tem um “estilo” diferente de aproveitar as situações. Logicamente o gestor de frota da empresa não apoiaria nunca e um nutricionista iria indicar os mil riscos em realizar esta façanha!

Comidas com nome típico dos caminhoneiros são muito apreciadas e muito comuns: Arroz Carreteiro, Quibebe, Macarrão na Pressão e “Costela na Turbina”…  Mas o que seria esta tal forma de preparar uma iguaria das rodovias?

Ingredientes:

  •  Uma Costela
  •  Sal Grosso à vontade
  •  Um forno de R$ 160.000,00

Como assim um forno neste valor? Os motoristas costumam usar o calor desprendido na área de pressão do escapamento, a entrada da turbina (roda quente), para aquecer e até mesmo cozinhar seu almoço. Não é preciso dizer que o risco com os gases cheios de CO (monóxido de carbono) é alto, para não citar que um gestor de frota iria arrancar os cabelos ao ver isto entre os veículos que controla.

Pesar de tudo a prática é bem comum nas rodovias, lembrando que a maioria dos motorista não necessitam por ter a possibilidade de se alimentar em restaurantes.

 

telefone rodotransporte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *